Fraisier

Fraisier em francês significa literalmente “árvore de morango”, mas neste caso trata-se do famoso bolo de morango francês.

Ele é feito em várias fases de preparo até a finalização, mas acredite: vale o esforço.

Primeiro você prepara o creme patissier (confeiteiro), e depois de pronto, vai ser transformado no creme mousseline, que é uma variação do creme de confeiteiro, mas que recebe uma quantidade maior de manteiga, o que deixa o creme extremamente leve, aerado e muito cremoso.

Depois você vai fazer uma genoise, que é uma massa de bolo bem leve, que não vai gordura, e por isso ele não fica duro enquanto estiver gelado, já que o Fraisier é um bolo gelado, e se você usar uma massa à base de manteiga, a massa ficará dura.

Eu também fiz uma compota de morangos para usar como recheio.

Mas, então, decidi fazer mais uma compota (mesmas medidas), mas transformando-a em um delicioso e liso purê: depois da compota pronta, tritura no liquidificador ou processador, e passa por uma peneira para tirar as sementes. E este purê será parte da decoração do bolo de morango.

Tente escolher os mais frescos morangos possível, e de tamanhos semelhantes, pois não eles que vão vai o visual lindo deste delicioso bolo.

Lembre-se: como é um bolo, onde o creme é à de gemas, morangos frescos, e manteiga, ele é um bolo de durabilidade curta, deve ser consumido em até 2 dias, e deve ser mantido refrigerado.

Ingredientes:

Creme Patissier

  • 480g Leite
  • 02 col sopa extrato baunilha
  • 06 gemas
  • 160g açúcar
  • 25g amido
  • 25g farinha de trigo
  • 100g manteiga + 100g p/ finalizar mais tarde

 

Compota de Morango (fazer 2, separados)

  • 200g Morango
  • 30g açúcar
  • 01 col sopa suco limão

Massa bolo

  • 03 ovos
  • 90g açúcar
  • 60g farinha de trigo
  • 30g amido de milho

 

Purê de Morango

  •  01 receita da compota de morango (morno)
  • 02 folhas de gelatina
  • água gelada

Modo de Preparo:

Veja Também

Cheesecake Basco

O cheesecake basco, é a famosa Torta San Sebastian, pois foi criado no restaurante La Viña que fica em San Sebastian, na Espanha.

Este cheesecake é extremamente cremoso, embora os ingredientes sejam similares ao cheesecake americano, o resultado é muito diferente.

Mas, porque Sandra ?

Porque o cheesecake basco, não é assado em banho-maria, ele vai ao forno numa temperatura muito mais alta, e por isso assa em menos tempo também.

Outra diferença, é o fato que não ser utilizado nenhum tipo de base nele, como a base de bolachas do cheesecake americano. E por isso, assamos ele com folhas de papel manteiga dentro da assadeira, e o resultado disso é uma aparência rústica, que na verdade fica muito bonita.

E a caracteristica única dele, é que nós deixamos ele caramelizar bastante no topo – ele não é coberto com papel alumínio – e assim o açúcar reage à alta temperatura e ocorre então a chamada “reação de Maillard” – que é o dourado no topo, que só se consegue com a presença do açúcar na receita.

E para tudo isso funcionar como se deve, você tem que ter certeza de que o seu forno foi pré-aquecido corretamente, e o seu cheesecake entrou no forno com a temperatura correta. Se você não sabe quanto tempo o seu forno leva para pré-aquecer (isso varia conforme o forno), sugiro que você compre um termômetro de forno, porque isso vai te ajudar muito nesta, assim como em dezenas de outras receitas que necessitam de uma temperatura exata.

Veja alguns modelos aqui: https://amzn.to/3XetNr6 (link de afiliado)

Ingredientes:

  • 680g Cream Cheese
  • 200g Açúcar
  • 400g Creme de Leite fresco 35% gordura
  • 4 ovos
  • 2 gemas
  • 30g Farinha de trigo (ou amido)
  • raspas de 1 limão siciliano (opcional)

Modo de Preparo:

Veja Também

Torta de Maçã c/ Suflê de Iogurte

Esta é deliciosa torta de maçã, que vai ser assada junto com suflê super cremoso e aerado de iorgute, e ainda em cima dele terá uma farofa crocante.

Eu já ensinei várias outras receitas com maçã (veja abaixo), mas esta em especial ganhou meu coração.

Além da maçã que fica super saborosa e suculenta, o suflê de iogurte fica tão leve e aerado que simplesmente derrete na boca.

É uma receita muito fácil de fazer, e será sucesso entre a s ua família e amigos.

Ingredientes:

Recheio de Maçã:

  • 4 maçãs
  • 80g açúcar
  • 20g Manteiga
  • 1 col café de canela em pó
  • 1/2 col café noz moscada em pó
  • suco de 01 limão

 

Base da Torta

  • 300g Farinha de Trigo
  • 01 col chá fermento em pó
  • 110g Manteiga
  • 50g Açúcar
  • 03 gemas

Suflê de Iogurte

  • 03 claras
  • 50g Açúcar
  • 360g Iogurte tipo Grego
  • 30g Amido de milho

 

 

Modo de Preparo:

Veja Também

Blondie de Limão Siciliano e Framboesa

Blondie – é o nome dado ao Brownie feito com chocolate branco.

E este não é um brownie qualquer, ele recebeu o acréscimo de limão siciliano e de framboesa, que deu à este brownie ym sabor e textura únicos.

Eu seu que a framboesa não é uma fruta fácil de encontrar no Brasil, e nem tampouco é uma fruta barata, as raras vezes que a encontramos, é um por um preço bem salgado. Mas, ainda assim, é uma fruta delicada e deliciosa.

Mas, se você não tem acesso à framboesa, não se preocupe, você poderá usar uma outra fruta, como: morango, mirtilo, amora – desde que elas não estejam congeladas, pois a fruta congelada vai soltar água, vai mudar a textura do brownie e vai aumentar substancialmente o tempo de forno.

O mesmo pode se dizer do limão siciliano. Se você não tem este tipo de limão na cidade onde você mora, pode sim usar outro tipo de limão e até mesmo laranja.

E este nem é o primeiro brownie de chocolate branco que eu ensino. Abaixo você tem acesso ao link de mais um blondie, assim como as versões do brownie tradicional e um brownie cheesecake de colher de joelhos de tão bom!

Ingredientes:

  • 200g Chocolate Branco
  • 200g Manteiga
  • 175g Açúcar
  • 03 Ovos
  • 100g Farinha de Trigo
  • 100g Framboesa
  • Raspas de 01 limão siciliano

Modo de Preparo:


Veja Também

Pudim cremoso sem furinhos

Pudim com furinhos ou pudim sem furinhos?

Uma questão que divide opiniões. Mas, neste vídeo, você vai aprender todos os segredos de um pudim super cremoso e sem furinhos, porque pra isso tem técnica, não é só bater e colocar pra assar!

Mas, não se preocupe, se você é da turma dos furinhos, basta preparar a receita, com os ingredientes e as medidas que eu indiquei, e fazer do modo tradicional, e vai sair pudim gostoso do mesmo jeito.

Aos amantes do pudim sem furinhos: siga à risca as minhas dicas, e o seu pudim vai ficar super cremoso e totalmente sem furinhos, e vai ser o melhor pudim que você já provou na vida!

Ingredientes:

Pudim

  • 400g Leite condensado
  • 450ml Leite
  • 150g Creme de leite fresco 35% gordura
  • 03 ovos
  • 04 gemas

 

Calda

  • 200g Açúcar
  • 100ml Água quente

Modo de Preparo:


Veja Também

Cheesecake Japonês

O cheesecake japonês que também é conhecido como “bolo nuvem”, é um cheesecake completamente diferente da versão americana que estamos acostumados.

Este é um cheesecake MUITO fofo, bem úmido, tem um suave sabor de limão, e derrete suavemente na boca!

Você não vai provar nada parecido com isto.

E como se trata de uma massa extremamente delicada, muitos cuidados são necessários pra que a receita saia perfeita.

Atenção ao forno, porque temperatura perfeitamente controlada é a chave do sucesso para assar este cheesecake.

Temperatura do forno:

1o tempo:
– Forno elétrico: 150 graus
– Forno à gás 160 gás

2o tempo:
– Forno elétrico: 110 graus
– Forno à gás 120 graus

3o tempo:
– Independente do forno utilizado, desligue o forno, e deixe o cheesecake lá dentro esfriando por 15 – 20 minutos.

Ingredientes:

  • 75ml Leite
  • 50g manteiga
  • 170g Cream Cheese
  • 60g Farinha Trigo
  • 20g Amido de milho
  • 06 gemas
  • 120g Açúcar
  • 06 Claras de ovos
  • 02 col sopa limão siciliano
  • raspas de limão siciliano

 

Modo de Preparo:

Veja Também

Cheesecake de Chocolate

Ao contrário do que a maioria das pessoas imagina, o cheesecake original não é americano, e nem tampouco leva gelatina na receita.

A versão francesa, leva na verdade um queijo branco muito leve e suave, e até mesmo os italianos tem uma receita parecida à esta original francesa, mas a receita americana, leva um creme de queijo o “cream cheese”, muito mais denso e muito cremoso.

Mas, foi a versão americana do cheesecake que ficou famosa no mundo inteiro, e é a mais executada atualmente.

Além do cream cheese, eles acrescentaram o Sour Cream (creme azedo) que é um produto à base de creme de leite fresco (35% de gordura) e levemente ácido. O alto teor de gordura, assim como a acidez deste creme azedo, são um dos segredos da consistência, que juntos com os ovos garantem que o cheesecake fique cremoso mas firme, sem a necessidade do acréscimo da gelatina para isso.

Entretanto, o Sour Cream não é um ingrediente produzido pela industria de laticínios no Brasil, e portanto temos que recorrer à versão caseira do produto. E claro, eu também já ensinei como preparar este creme azedo, e você tem acesso à receita aqui: Sour Cream (clique aqui).

No vídeo abaiaxo, vou te ensinar a minha versão do cheesecake no sabor chocolate, que fica com uma cremosidade impressionante, e um sabor denso e bem intenso de chocolate – para chocólatra algum botar defeito !

Ingredientes:

Base

  • 150g Bolacha tipo Maria (ou maisena)
  • 80g Manteiga

 

Cobertura

  • 180g Chocolate Meio Amargo
  • 180g Creme de leite  fresco 35%

Recheio

  • 450g Cream cheese
  • 225g Açúcar
  • 80g Sour Cream
  • 240g Creme de leite fresco 35%
  • 200g Chocolate meio amargo
  • 10g Cacau
  • 03 Ovos
  • 01 col sopa extrato de baunilha

Modo de Preparo:

Veja Também

Torta de Ricota c/ Frutas Vermelhas

A ricota é um queijo extraído do leite. E inclusive, é muito fácil fazer em casa.

Coloque o leite pra ferver, quando levantar fervura, adicione limão ou vinagre, o leite vai talhar, separando o soro da gordura que é na verdade o queijo ricota!

Ensinei mais detalhadamente este passo-a-passo no preparo do cream cheese caseiro, onde a primeira fase é esta da obtenção da ricota – link do vídeo no final da página.

E como a ricota é um queijo muito suave, com sabor quse neutro, ela é excelente para o preparo de receitas tanto doces quanto salgadas.

Esta torta de ricota com frutas vermelhas, além de muito fácil de fazer, é super cremosa (lembrando a cremosidade de um cheesecake), e tem um visual lindo, o que a deixa ainda mais apetitosa, afinal comemos primeiro com os olhos, não é ?!?

Ingredientes:

Base

  • 250g Farinha de Trigo
  • 180g Manteiga
  • 60g Açúcar
  • 60ml Água gelada

 

Calda

  • 50g Framboesa
  • 50g Blueberry (Mirtilo)
  • 50g Amora
  • 70g Açúcar
  • 02 col sopa limão

Recheio

  • 500g Ricota
  • 395g Leite condensado
  • 04 ovos
  • raspas de 01 limão siciliano
  • 30g Morango
  • 30g Amora
  • 30g Mirtilo

 

Frutas frescas para decorar (opcional)

  • Morango
  • Framboesa
  • Mirtilo
  • Amora
  • Folhas de hortelã

Modo de Preparo:

Veja Também

Tortinha de Morango c/ Massa Folhada

Você sabia que o morango é uma fruta rica em vitamina E, betacarotenos, compostos bioativos, e uma excelente fonte de vitamina C, que reforça a inumidade, ajudando na cicatrização e na absorção de ferro contindo nos alimentos?

Mas, apesar de todas as características nutricionais benéficas do morango, não é por isso que nós o consumimos, não é?

O morango é lindo por fora e por dentro, é uma fruta suculenta e de sabor único!

E vou te ensinar a fazer uma tortinha de morango, que além de deliciosa, é linda.

Vou utilizar massa folhada caseira, link da receita abaixo, mas você poderia também utilizar a versão industrial vendida já pronta. A montagem da torta é a mesma.

Ingredientes:

  • 500g massa folhada
  • 9 à 12 unidades de morango
  • geléia de morango ou de frutas vermelhas
  • 01 ovo + 01 col sopa água

 

  • Cortador em formato de coração (8cm x 10cm)
  • Cortador em formato de margarida (opcional)

 

Se você quiser usar o molde feito em computador, como sugerido no video, acesse o link abaixo, salve o arquivo no computador, ou já pode mandar imprimir (clicando no ícone impressora no canto superior da tela), e recorte para usar:

Modo de Preparo:

Veja Também

Pastel de Belém – o doce tradicional português

Pastel de Belém é um dos doces conventuais mais tradicionais de Portugal, com quase dois séculos de história.

Ele foi criado em 1837, no Mosteiro dos Jerônimos e sua receita original se mantém um segredo guardado à sete chaves até os dias de hoje.

Além disso, o nome “Pastel de Belém”, foi patenteado e por isso, só pode ser chamado de pastel de Belém, aquele que é feito na confeitaria ao lado do Mosteiro do Jerônimos, em Lisboa – Portugal, na confeitaria de mesmo nome: Pastéis de Belém.

Entratanto, há muitas variações desta receita, tentando reproduzir este doce centenário. Provavelmente, toda familía portuguesa deve ter a sua versão do pastel de belém. E como não se pode chamar de “pastel de belém”, um nome alternativo para este doce, ficou conhecido como “Pastel de Nata”.

A base é feita de massa folhada, e eu utilizei a receita caseira que eu já ensinei a fazer, mas você pode usar a versão industrial comprada pronta se preferir.

O recheio é de uma cremosidade incrível, e ele nem é feito com nata! Nata vai somente no nome.

Ele não é uma doce que pode ser feito com muita antecedência, pois uma vez que a massa folhada perder a crocância e pegar umidade, seja do ambiente, ou pior ainda, da geladeira – ela fica borrachuda! E aí, adeus pastel de nata !

Portanto, prepare o pastel de nata, e sirva em seguida para a família e amigos, para todos aproveitarem da deliciosa crocância da massa folhada, assim como a incrível cremosidade do recheio.

Se você tiver um comércio, uma confeitaria com uma vitrine aquecida (não refrigerada!), ele aguentaria algumas horas sem alteração.

Ingredientes:

Calda

  • 140ml Água
  • 160g Açúcar
  • Rodela da casca de 1 limão siciliano
  • 01 canela em rama

Creme

  • 200ml Leite
  • 25g Farinha de Trigo
  • 04 gemas
  • calda

 

Massa

  • 500g massa folhada caseira

Modo de Preparo:

Veja Também