Bolo Mousse 3 Chocolates

Bolo Mousse 3 Chocolates: é um receita super fácil de fazer, é composto por uma base de bolo de chocolate, macio e úmido, uma camada de mousse de chocolate meio amargo, depois outra camada de mousse de chocolate ao leite, outro mousse de chocolate branco, e aidna fiz uma cobertura de ganache meio amargo.

Os apaixonados por chocolate vão pirar neste bolo mousse.

A textura da mousse é incrível, super cremosa e aerada. Como uma mousse deve ser.

É super simples de fazer, só precisa de um pouco de paciência – afinal cada mousse é preparada separadamente.

Mas acredite, o resultado faz a espera valer à pena!

Ingredientes:

Massa do bolo

  • 01 Ovo
  • 50g Açúcar
  • 60ml Óleo
  • 60ml Leite
  • 70g Farinha de trigo
  • 15g Cacau em pó
  • 1/2 col chá fermento em pó

Mousse Chocolate Meio Amargo

  • 90g Chocolate Meio Amargo 54%
  • 70ml Leite
  • 01 folha de gelatina incolor
  • 150g Creme de leite 35% gordura

Mousse de Chocolate ao Leite

  • 100g Chocolate ao Leite
  • 60ml Leite
  • 150g Creme de Leite 35% gordura
  • 01 folha de gelatina incolor

Mousse de Chocolate Branco

  • 100g Chocolate Branco
  • 60ml Leite
  • 150g Creme de Leite 35% gordura
  • 01 folha de gelatina incolor

Cobertura

  • 60g Chocolate Meio Amargo
  • 50ml Leite

Modo de Preparo:

Veja Também

Temperagem por Tablagem

Temperagem do Chocolate !

Na verdade, o termo correto é “pré-cristalização” do chocolate.

Temperagem é um termo conhecido e utilizado somente aqui no Brasil. E para muitos, por conta da semelhança no nome, acham que vamos só adicionar algum tipo de tempero no chocolate!

Fazer a têmpera no chocolate, signifca fazer um resfriamento controlado – após o correto derretimento dele – para que depois que você aplicar numa forma de ovo de páscoa, na forma de um bombom, ou ainda use-o para cobrir um pão-de-mel, o chocolate tenha retração (volte a ficar rígido), tenha brilho e faça o “snap”, que é o barulho que o chocolate faz quando você quebra ele.

Existem pelo menos 3 técnicas diferentes para se fazer a pré-cristalização do chocolate:

  • Tablagem: resfriar o chocoalte trabalhando ele sobre uma pedra de mármore
  • Adição: acrescentar um percentual de chocolate não derretido, naquele chocolate (do mesmo tipo) que você já derreteu
  • Mycryo: é uma manteiga de cacau que foi produzida de forma especial, para que tenha somente cristais estáveis, que serão os responsáveis em fazer a temperagaem do chocolate.

Então, no vídeo abaixo, é a temperagem por Tablagem que eu vou te ensinar.

Todos os produtos e ferramentas utilizadas neste vídeo, você vai encontrar na loja Barra Doce.

Ingredientes:

Modo de Preparo:

Veja Também

Temperagem por Adição

Temperagem do Chocolate !

Na verdade, o termo correto é “pré-cristalização” do chocolate.

Temperagem é um termo conhecido e utilizado somente aqui no Brasil. E para muitos, por conta da semelhança no nome, acham que vamos só adicionar algum tipo de tempero no chocolate!

Fazer a têmpera no chocolate, signifca fazer um resfriamento controlado – após o correto derretimento dele – para que depois que você aplicar numa forma de ovo de páscoa, na forma de um bombom, ou ainda use-o para cobrir um pão-de-mel, o chocolate tenha retração (volte a ficar rígido), tenha brilho e faça o “snap”, que é o barulho que o chocolate faz quando você quebra ele.

Existem pelo menos 3 técnicas diferentes para se fazer a pré-cristalização do chocolate:

  • Tablagem: resfriar o chocoalte trabalhando ele sobre uma pedra de mármore
  • Adição: acrescentar um percentual de chocolate não derretido, naquele chocolate (do mesmo tipo) que você já derreteu
  • Mycryo: é uma manteiga de cacau que foi produzida de forma especial, para que tenha somente cristais estáveis, que serão os responsáveis em fazer a temperagaem do chocolate.

Então, no vídeo abaixo, é a temperagem por Adição que eu vou te ensinar.

Todos os produtos e ferramentas utilizadas neste vídeo, você vai encontrar na loja Barra Doce.

Ingredientes:

Modo de Preparo:

Veja Também

Temperagem com Mycryo

Temperagem do Chocolate !

Na verdade, o termo correto é “pré-cristalização” do chocolate.

Temperagem é um termo conhecido e utilizado somente aqui no Brasil. E para muitos, por conta da semelhança no nome, acham que vamos só adicionar algum tipo de tempero no chocolate!

Fazer a têmpera no chocolate, signifca fazer um resfriamento controlado – após o correto derretimento dele – para que depois que você aplicar numa forma de ovo de páscoa, na forma de um bombom, ou ainda use-o para cobrir um pão-de-mel, o chocolate tenha retração (volte a ficar rígido), tenha brilho e faça o “snap”, que é o barulho que o chocolate faz quando você quebra ele.

Existem pelo menos 3 técnicas diferentes para se fazer a pré-cristalização do chocolate:

  • Tablagem: resfriar o chocoalte trabalhando ele sobre uma pedra de mármore
  • Adição: acrescentar um percentual de chocolate não derretido, naquele chocolate (do mesmo tipo) que você já derreteu
  • Mycryo: é uma manteiga de cacau que foi produzida de forma especial, para que tenha somente cristais estáveis, que serão os responsáveis em fazer a temperagaem do chocolate.

Então, no vídeo abaixo, é a temperagem por Mycryo que eu vou te ensinar.

Todos os produtos e ferramentas utilizadas neste vídeo, você vai encontrar na loja Barra Doce.

Ingredientes:

Modo de Preparo:

Veja Também

Chocolate x Cobertura

Chocolate x Cobertura Fracionada.

Ainda é um assunto que gera muitas dúvidas, e até várias polêmicas.

A verdade é que a grande maioria das pessoas não fazem idéia de qual é a composição do Chocolate, assim como a composição da Cobertura Fracionada.

Também não sabem porque o chocolate precisa de pré-cristalização (a conhecida “temperagem”), porque a cobertura fracionada não precisa.

Se você já trocou chocolate por cobertura fracionada, numa receita que deveria ter sido feita com chocolate, você certamente ficou frustrado com o resultado, não é ?

Então, neste vídeo tudo isso foi explicado, e muito mais !

Ingredientes:

Modo de Preparo:

Veja Também

Recheio Trufado de Chocolate

Recheio de chocolate, além ser a preferência da grande maioria das pessoas, é também uma importante receita para quem trabalha com doces.

No vídeo abaixo, você vai aprender a fazer um recheio super fácil, extremamente cremoso, e tem uma longa durabilidade.

Este creme trufado de chocolate deve ser feito com pelo menos 12 horas de antecedência, pois ele precisa deste tempo na geladeira para estabilizar.

Mas, depois disso, ele pode ser refrigerado por 15 dias ou congelado por até 2 meses!

E a melhor parte: ele é super versátil, pois você poderá utilizá-lo como recheio de bolos, tortas, bombons e até o copo da felicidade!

Ingredientes:

  • 395g Leite condensado
  • 250g Creme de Leite fresco 35% gordura
  • 80ml Leite
  • 100g Cacau em pó
  • 300g Chocolate Meio Amargo

Modo de Preparo:

Veja Também

Marshmallow Cremoso

Você sabia que o marshmallow é na verdade uma planta com propriedades medicinais ?

O nome científico dela é “Althaea Officinalis”, e era com ela que o marshmallow era feito em épocas antigas.

Foi somente na era moderna, que o marshmallow passou a ser feito com gelatina e açúcar, e eventualmente também com claras de ovos.

Você vai aprender a fazer em casa aquele marshmallow cremoso, que tem vários nomes comerciais diferentes, e que todos adoram.

Ingredientes:

Marshmallow

  • 110g claras de ovos
  • 200g açúcar
  • 35g glucose
  • 01 col sopa limão
  • 01 pitada de sal

Cobertura

  • 500g chocolate derretido (meio amargo, ao leite ou branco)

 

 

Modo de Preparo:

Veja Também

Lemon Curd

“Lemon Curd” significa numa tradução literal para o português “coalho de limão”, mas na prática é na verdade um delicioso creme de limão siciliano.

O lemon curd é de origem inglesa, e a receita foi criada em meados do século XIX.

É uma receita muito fácil de fazer, e o creme é muito versátil, servindo como recheios de bolos, cupcakes e tortas, um substituto de uma geléia – e portanto pode ser servido com torradas, cookies e afins, e ainda pode ser usado para saborizar um buttercream, por exemplo.

Ingredientes:

  • 200g Açúcar
  • 100g Manteiga
  • 100ml Limão siciliano
  • 06 Gemas
  • Raspas de 2 limões siciliano

Modo de Preparo:


Veja Também

Buttercream de Chocolate

O buttercream é a denominação em inglês do “creme de manteiga”, é tipo de cobertura muito popular nos EUA, mas apenas recentemente começou a ter uma aceitação melhor aqui no Brasil

Em partes, eu acredito que receitas que deixam o buttercream mais leve, mais suave, e sem aquele gosto pegajoso de gordura (como aquele hidrogenada), fez do buttercream um excelente opção para quem não gosta de pasta americana, por exemplo.

E aqui eu apresento a minha receita de Buttercream de Chocolate! Sim, ele recebe chocolate derretido e também o cacau, assim o sabor é intensificado. E ainda se preferir uma cor mais escura, ele pode ser escurecido através de corante, que eu prefiro a versão em pó (hidrossolúvel) quando se trata de quantidades onde o corante em gel, por conter glucose pode acabar desandando o buttercream se aplicado em grande quantidade.

Cores mais claras, tons pastéis, o corante em gel pode ser usado tranquilamente. Opte pelo corante em pó para cores mais intensas que necessitam de muito corante para atingir a cor desejada.

Então, na tentativa de fugir do ganache, eu tentei usar o buttercream no lugar, pois além de ser muito mais leve, ele tem sabor bem mais neutro, quando utilizado extrato de baunilha como saborizante.

® Sandra Dias Cake Designer

Mas, a receita de Buttercream, embora deliciosa, não serve como blindagem do bolo para ser coberto com pasta americana, porque:
– Enquanto ele esta refrigerado, ele fica durinho, mas quando vai cobrir com pasta, ele começa a voltar em temperatura ambiente e começa a suar! A pasta começa a grudar nas mãos.

– Quando isso acontece, só depois que a pasta parar de suar (que pode ser minutos ou horas – se o bolo estiver congelado), e quando você for fazer a quina, o buttercream em temperatura ambiente é mole como um chantilly. Resultado: ao invés de quinas retas você vai deformar o bolo todo!

Apesar da tentativa fracassada de usar o buttercream como blindagem de bolo de pasta, ele continua sendo um creme delicioso, extremamente saboroso, que pode sim ser usado como recheio de bolo, seja de pasta americana ou não, e até como cobertura, desde que você se lembre de manter o bolo em local fresco! Ambientes muito quentes, sem o apoio de um ar condicionado por exemplo, ele vai amolecer e dependendo do calor, vai derreter, ok?

Ingredientes:

  • 150gr de clara de ovo
  • 150gr de açúcar
  • 340gr de manteiga (Tipo Extra)
  • 200g Chocolate Meio Amargo
  • 25g Cacau em pó

Dica: Se a sua batedeira for grande (capacidade de 5 litros ou mais), você consegue preparar até o dobro desta medida. Mas, em batedeiras com tigelas pequenas, continue com a medida da receita, para ele não vazar da tigela durante o preparo, ok?

Modo de Preparo:



Veja Também

Creme de Leite Fresco Caseiro

O creme de leite fresco é um dos poucos produtos que não tem um substituto à altura, pois ele tem um teor de gordura bem alto, em torno de 35%.

E nas minhas postagens no Instagram e até mesmo no You Tube, fiquei surpresa com o relato de um grande número de pessoas que diziam não ter acesso à este produto.

O fato é que o creme de leite fresco além de ter um alto teor de gordura, por ser fresco, ele tem um prazo de validade bem curto (em torno de 15 dias), e ele é vendido na área refrigerada dos supermercados por ser um produto altamente perecível.

Nos Estados onde não há indústria de laticínios, e/ou a temperatura é muito alta, como o caso do Norte e Nordeste do Brasil, este é um produto impossível de ser encontrado à venda. Mas, até em estados como São Paulo e Minas Gerais (grande produtores de laticínios) não é em toda cidade que o este creme de leite pode ser encontrado.

E acontece que existe um número razoável de receitas de confeitaria que utiliza este produto, então quem não tem acesso, não consegue executar determinadas receitas, como por exemplo o sour cream ou creme azedo, que tem como base o creme de leite fresco, assim como inúmeras outras receitas, e sem este percentual de 35% de gordura a mariora das receitas não funciona, e portanto não adianta usar um creme de leite com teor menor de gordura.

Então, estou ensinado uma receita alternativa de creme de leite fresco caseiro, para assim ajudara todas estas pessoas que não tem acesso ao produto, porque ele não é vendido na suas cidades. Ele é fácil de fazer e com um custo de produção muito mais baixo que o produto original.

Ingredientes:

  • 500ml leite integral
  • 200gr manteiga
  • 200gr gordura vegetal hidrogenada
  • 01 gema de ovo

Importante:

  • Gema: gordura, fonte de ômega 3 e nesta receita funciona como o espessante natural. Não retire da receita.
  • A gordura vegetal pode ser substituída pela mesma medida de manteiga – mas não o contrário.
  • Manteiga na confeitaria é SEMPRE sem sal.

 

Modo de Preparo:


Veja Também